13dez
By: admin ligado: dezembro 13, 2018 In: Uncategorized Comments: 0

O mês de dezembro chegou e, além da uva passa no arroz, das voz de Simone e do especial do Roberto Carlos, é quando acontece a tão tradicional Corrida Internacional de São Silvestre. Mesmo que você não seja corredor, provavelmente já ligou a TV em algum 31 de dezembro e lá estava a Rede Globo transmitindo milhares de pessoas correndo pelas ruas de São Paulo. Mas, você sabe como tudo isso começou?

Casper Líbero e a paixão pelo esporte

Criada pelo jornalista Casper Líbero, a primeira edição da São Silvestre aconteceu na noite de 31 de dezembro de 1924, com apenas 48 competidores que cruzaram a linha de chegada perto da meia-noite. A inspiração de Líbero para a inciativa veio na volta de uma viagem à França, onde presenciou uma corrida noturna em que os atletas carregavam tochas ao longo do percurso. Maravilhado com o que viu, promoveu a sua prova na virada daquele mesmo ano. O nome escolhido foi “São Silvestre” em homenagem ao santo Papa Silvestre.

são silvestre

Primeira edição da São Silvestre em 1924

Apesar da falta de estrutura e de vários contratempos, nem a Revolução de 1932 e a Segunda Guerra Mundial impediram o crescimento do evento anual. Também não demorou muito para atletas de outras nações entrarem nas pistas. Em 1924 e em 1927, o italiano Heitor Blasi foi o vencedor das edições.

Em 1975 foi a vez delas: com a ONU declarando que aquele era o Ano Internacional da Mulher, a modalidade feminina passou a integrar a prova. A primeira campeã foi a alemã Christia Valensieck.

Christia Valensieck durante a primeira edição da prova feminina em 1975

É muito importante lembrar que pessoas portadoras de deficiências também participam da prova. Há largadas específicas para atletas cadeirantes e outra para portadores de outros tipos de deficiência. Só depois é que largam as elites feminina, masculina e o pelotão geral.

O percurso: a São Silvestre é uma maratona?

Apesar de grande, a São Silvestre sempre esteve longe de ser uma maratona (que conta com 42,192 km). Inicialmente, o percurso da prova era de 8,8km. Diferente do que vemos hoje, o esporte era carente de suporte, os atletas não usavam vestimentas adequadas e eram proibidos de ingerir água durante todo o percurso.

Em 1989, o sentido do percurso foi invertido pela organização e as categorias foram divididas entre masculina e feminina. A largada também já não era mais à noite e, sim, à tarde.

Para ganhar reconhecimento oficial, em 1991, a prova passou por adaptações, cumprindo exigências da Federação Internacional de Atletismo. O percurso foi para 15km e a São Silvestre entrou para o calendário internacional de provas. Nos últimos anos, a largada passou a ser realizada pela manhã e este ano está na 94º edição.

A grande festa dos corredores com hidratação especial

Atualmente, a São Silvestre é uma grande festa para aqueles que gastaram a sola do tênis o ano todo. Claro que a competição ainda é forte entre os principais atletas de elite que integram a prova, mas, para os amadores, é o momento de não se preocupar com o tempo. Tem até quem corre fantasiado, aliás, o importante é fechar um ano inteiro de provas com chave de ouro.

E tem quem leve a sério esse negócio de confraternizar. Desde 2014, um grupo de pessoas que não está inscrito na prova se reúne no quilômetro 14 para motivar a chegada dos atletas com uma hidratação especial: cerveja gelada, ali na temida Avenida Brigadeiro Luiz Antônio. Isso mesmo: C E R V E J A  G E L A D A! Quem teve essa incrível iniciativa foi a Karina Teixeira, atleta amadora e apreciadora de boas cervejas. Se você quiser participar dessa “boa ação”, basta levar algumas latinhas e muita animação.

Hidratação especial no KM 14 em 2017

Antes que você questione a prática da hidratação especial por “N” motivos, pode ficar tranquilo: é servido somente um golinho simbólico para os corredores que aceitarem. Depois de cruzar a linha de chegada, o atleta decide ser quer mais ou se vai ficar de boa. Mas pode ter certeza que a diversão é garantida. Ficou curioso? Dá um play no vídeo do canal Pangaré de Tênis e veja como foi a edição do ano passado. Aproveita e se inscreve lá! 😉

Infelizmente as inscrições para a 94º Corrida Internacional de São Silvestre (edição de 2018) já acabaram, mas ano que vem tem mais e no outro também. E você? Vai participar dessa festa no último dia do ano?

Só não esqueça de fazer o Seguro Residência aqui na Alternativa Brasil. Enquanto você acelera nas ruas de Sampa a sua casa fica protegida. Até mais e bora correr! 😉

Trackback URL: http://www.alternativabrasil.com/noticias/2018/12/13/corrida-sao-silvestre/trackback/

Leave reply:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *