22nov
By: admin ligado: novembro 22, 2019 In: Saúde e bem-estar Comments: 0

Quando se fala em saúde e bem-estar, a dieta é uma das primeiras coisas que as pessoas lembram. E uma dieta balanceada envolve um consumo mínimo de diversos grupos alimentares distintos.

Um dos grupos que muita gente acaba negligenciando são as oleaginosas, vegetais que possuem óleos e gorduras que podem ser extraídos através de processos adequados. E, além das plantas propriamente ditas, temos também as sementes, que são ótimas opções de lanches rápidos, e são ricas em subtâncias que fazem bem para o nosso organismo.

Consuma sem excessos

Dentre as sementes oleaginosas mais conhecidas, temos as castanhas, as nozes, as amêndoas e as avelãs. A melhor maneira de consumir oleaginosas é na versão in natura, mas sem excessos: como as oleaginosas são ricas em gorduras, o consumo em excesso pode levar a um quadro de aumento de peso.

Certas oleaginosas, como a castanha-do-pará, podem realmente fazer mal se ingeridas em excesso: ela é rica em selênio, e o acúmulo de selênio no organismo pode causar queda de cabelo, unhas quebradiças, fadiga, dermatite e enfraquecimento do esmalte dos dentes.

A porção adequada para consumo diário varia conforme a semente: podem ser quatro nozes, duas castanhas-do-pará, quatro amêndoas, e por aí vai. Um nutricionista poderá orientá-lo em relação à forma correta de consumir oleaginosas.

Benefícios para a saúde

Se consumidas corretamente, as sementes oleaginosas trazem muitos benefícios para a saúde: elas são ricas em ácidos graxos monoinsaturados e poli-insaturados, gorduras importantes por contribuírem com o aumento do colesterol bom (HDL) sem interferir no colesterol ruim (LDL). As oleaginosas também possuem resveratrol, um fitonutriente com propriedades anti-inflamatórias e anticancerígenas.

Alguns dos nutrientes presentes nas oleaginosas — como a vitamina E e o zinco — possuem ação antioxidante, combatendo os radicais livres que causam o envelhecimento celular e da pele. Para completar, elas também são ótimas fontes de fibras e proteínas.

Compra e sugestões de consumo

Se planeja introduzir oleaginosas na sua dieta, cuidado na hora da compra: o melhor é adquirir aquelas que já vem embaladas de fábrica, pois as vendidas á granel acabam sendo muito manipuladas, e a gente nunca sabe a higiene das outras pessoas, né?

Embora o consumo in natura seja o mais recomendado — e é super prático levar um pacotinho na bolsa para aquele lanchinho da tarde –, quem não curtir as oleaginosas assim pode comê-las junto com cereais, frutas e laticínios, ou incorporá-las em bolos, pães e outras receitas. Aí é usar a criatividade!

Agora que já aprendeu tudo sobre oleaginosas, pode começar a cuidar mais da saúde e manter uma dieta balanceada. E, para ficar ainda mais garantido, contrate um Seguro Saúde da Alternativa Brasil! 😉

Trackback URL: http://www.alternativabrasil.com/noticias/2019/11/22/castanhas-nozes-amendoas-conheca-os-beneficios-para-saude-oleaginosas/trackback/

Leave reply:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *