06jun
By: admin ligado: junho 06, 2019 In: Saúde e bem-estar Comments: 0

Agora não tem mais como escapar: o frio chegou com tudo — especialmente na região Sul. Embora a vontade de ficar debaixo das cobertas assistindo à TV seja grande, devemos manter atividades físicas em nossa agenda diária, para que não descuidemos da saúde durante o inverno.

Pensando nisso, fomos buscar lá na área “Vida & Estilo” do site Terra uma lista (feita com a curadoria de profissionais da saúde do Instituto Levitas/SP) com exercícios apropriados para espantar a preguiça neste friozinho! Para exercitar-se com ainda mais segurança, lembre de fazer o seu Seguro Saúde da Alternativa Brasil. Boa leitura, e boa malhação!

Cada modalidade tem suas características próprias. E queimam mais ou menos calorias – o que é ótimo no inverno, já que comemos mais. Mas todos os tipos de esporte têm em comum o resultado final, de melhorar a capacidade física. Para isso, devem ser praticados de maneira correta e orientada

O número de calorias queimadas durante a atividade física depende de muitos fatores, como o peso de quem pratica, a intensidade e o tempo do exercício e o nível de condicionamento e o metabolismo individuais. Abaixo, alguns exemplos de exercícios que fazem muito bem – e preparam o corpo para a próxima estação. Os valores citados para o número de calorias queimadas por hora são referentes a um adulto saudável do sexo masculino com aproximadamente 75 kg.

Alongamento

Foto: Unsplash

Por ordem de importância é a atividade que deve iniciar e finalizar qualquer outra atividade física. Pode não parecer, mas tem gasto calórico considerável apesar de parecer “tão lento” e “monótono”. Ele trabalha os grandes e pequenos grupos musculares e leva ao relaxamento do corpo. Sua prática diária previne lesões, como o estiramento muscular. Para melhores resultados, pratique-o regularmente, sem forçar articulações e sem sentir dor. A ioga é uma das práticas mais relaxantes. Procure um bom grupo e pratique à noite. Em uma hora são consumidas cerca de 280 calorias.

Caminhada

Foto: Unsplash

A caminhada é um bom exercício para todos, pois vamos usá-la a vida toda. Tente caminhar em ritmo um pouco acelerado por cerca de uma hora. Escolha um horário tranquilo, que pode ser pela manhã. Evite ruas com muito tráfego e poluição. Para melhores resultados, mantenha a frequência cardíaca em torno de 70% da sua frequência cardíaca máxima (que é a diferença entre 220 e a sua idade). Não caminhe se apresentar problemas em joelhos e pés que lhe causem qualquer desconforto. Uma hora de caminhada rápida queima cerca de 300 calorias.

Corrida

Foto: Unsplash

Excelente exercício para quem tem aptidão. Melhora as condições cardiovasculares e representa uma ótima maneira de queimar gorduras. Se não executada adequadamente, se a musculatura de coxas e pernas não estiverem fortes o suficiente, a longo prazo pode causar a diminuição da massa muscular e provocar sérias lesões. Trabalha os músculos de coxas, pernas e quadril. Em uma hora de corrida, em ritmo moderado, consomem-se aproximadamente 700 calorias.

Bicicleta

Foto: Unsplash

O ciclismo é um excelente exercício, sem impacto, tanto para queimar calorias como para melhorar o condicionamento cardiovascular. Trabalha músculos das pernas, especialmente o quadríceps, coxa posterior e panturrilha. Não é recomendável a pessoas com problemas em joelhos e coluna, porque a posição e os movimentos são prejudiciais. Você pode obter melhores resultados andando em terrenos com subidas ou ajustando a bicicleta ergométrica para simular subidas. Uma hora de ciclismo queima aproximadamente 530 calorias.

Natação

Foto: Unsplash

A natação é excelente exercício. Não é o mais completo, como propagado, mas importante para a saúde cardiovascular e para manter a forma. O gasto de calorias é muito intenso quando bem praticado, mas, se for executado como único esporte, não atinge seus melhores benefícios como saúde e queima calórica. É necessário acrescentar outro tipo de modalidade de exercícios localizados para seu melhor desempenho. Tendo em vista que não apresenta impacto, é muito bom para pessoas que estão se recuperando de lesões de membros inferiores. Cuidados com problemas lombares e de ombros devem ser tomados. Não praticar sem orientação de bons profissionais. Uma hora de natação, em ritmo moderado, queima aproximadamente 460 calorias.

Basquete

Foto: Unsplash

O basquete é um bom exercício cardiovascular, que também exige força nos ombros e nas coxas. O risco de lesões é semelhante ao de outros esportes de contato, incluindo o entorse de tornozelo e outras condições relacionadas a colisões com outros jogadores. O jogo um-contra-um oferece a possibilidade de queimar mais calorias, tendo em vista que você está sempre ativo. Em uma hora de basquete, são queimadas cerca de 600 calorias.

Futebol

Foto: Unsplash

Dependendo da posição na qual você joga, o futebol pode ser uma atividade de força ou um exercício cardiovascular. Existe risco elevado de lesões, mas, com o uso de materiais de proteção, a atividade pode ser segura. Em condições competitivas, uma hora de partida pode representar a queima de aproximadamente 700 calorias.

Musculação

Foto: Unsplash

O exercício com pesos é a melhor maneira de ganhar massa muscular. Uma grande vantagem é poder treinar cada grupo muscular separadamente, conforme a necessidade. Hoje, é intensamente utilizado como forma de reabilitação até na terceira idade. Sua prática correta e orientada por profissional competente traz resultados surpreendentes e importantes na redução do risco de lesões. Uma hora de musculação de baixa carga queima aproximadamente 230 calorias.

Esqui na neve

Foto: Unsplash

Trata-se de uma ótima maneira de entrar em forma. Uma observação de extrema importância é que a prática exige muito gasto de energia de joelhos, músculos das pernas e das coxas e não há estações de esqui no Brasil. Portanto, a preparação para esse esporte deve ser rigorosa em musculação e resistência aeróbica meses antes de embarcar para uma estação de esqui, pois as lesões de joelho (mais comuns) são frequentes e graves. Uma hora de esqui com intensidade moderada consome cerca de 460 calorias.

O ideal é associar exercícios variados com pesos e atividades que trazem benefícios cardiovasculares e aeróbicos. Os exercícios com pesos, 3 a 4 vezes por semana, em associação com exercícios cardiovasculares, também 3 a 4 vezes por semana, promovem a perda de gordura e o ganho de massa muscular, além de melhorarem o condicionamento cardiovascular. Variando-se os exercícios, a atividade física pode se tornar mais agradável e trazer mais benefícios para o organismo.

Por hoje é isso. Esperamos que com essas dicas, todo mundo crie coragem para encarar o frio sem descuidar da saúde! Até a próxima postagem!

Trackback URL: http://www.alternativabrasil.com/noticias/2019/06/06/o-frio-chegou-atividades-fisicas-para-nao-ficar-parado-no-inverno/trackback/

Leave reply:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *